Colaboradora do Tecpar inicia doutorado com foco na resposta do sistema imunológico frente a vacinas
17/01/2023 - 10:57

A qualificação e atualização profissional contínua dos colaboradores é fundamental para que uma organização se mantenha competitiva e acelere seu processo de inovação. No Tecpar, os colaboradores recebem apoio para a realização de treinamentos especiais que, além do crescimento profissional, promovem a qualificação dos serviços prestados ou que possam abrir oportunidades de crescimento e novos negócios ao instituto.

Uma das colaboradoras que recebeu a autorização pela Diretoria Executiva para iniciar seu doutorado é a Analista em Biotecnologia Industrial Beatriz Lourenço Correia Moreira, que atua no Centro de Desenvolvimento e Produção de Imunobiológicos do Tecpar. Farmacêutica, Beatriz tem Mestrado em Microbiologia, Parasitologia e Patologia pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Agora em fevereiro irá iniciar seu Doutorado no Programa de Pós-Graduação em Biociências e Biotecnologia do Instituto Carlos Chagas (ICC/Fiocruz). Seu projeto é intitulado "Avaliação do efeito do Bacilo Calmette-Guérin (BCG) no processo de imunossenescência".

A colaboradora destaca que a sua capacitação visa colaborar com a realização das ações do Laboratório de Pesquisa e Desenvolvimento do Centro de Desenvolvimento e Produção de Imunobiológicos do Tecpar. "O projeto está voltado ao estudo da resposta do sistema imunológico frente vacinação com o envelhecimento do indivíduo, o que vai trazer ao Tecpar novos conhecimentos técnicos prático-teóricos e possibilitar novas metodologias de possível aplicação e expansão para outras áreas dentro do instituto, principalmente na área de pesquisa e desenvolvimento", afirmou.

O diretor-presidente do Tecpar, Jorge Callado, salienta que o instituto apoia o desenvolvimento profissional dos colaboradores, com foco em melhoria contínua e em novos conhecimentos para serem aplicados em novos produtos e serviços a serem oferecidos pelo Tecpar à sociedade. "O desenvolvimento do Tecpar passa pelo crescimento profissional de nossos funcionários. Como um instituto de ciência e tecnologia, apoiamos a ampliação de conhecimento aos colaboradores e o desenvolvimento de novas expertises com foco em formação continuada", pontuou.