Sorologia antirrábica para animais de companhia

COMUNICADO:

O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) informa que, após uma suspensão temporária da realização do Teste de Sorologia Antirrábica em Animais, o serviço está ativo e pode voltar a ser contratado pelos clientes.

Para mais informações, entre em contato com o Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC), pelo telefone 0800 6451 725 ou email sac@tecpar.br.

 

TESTE DE SOROLOGIA ANTIRRÁBICA EM ANIMAIS

O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) realiza aos tutores que desejam viajar transportando seus pets o teste de sorologia antirrábica em animais de estimação. O Tecpar é primeiro laboratório do Sul do Brasil credenciado para a emissão de laudos a tutores. O laudo do Tecpar é aceito em 37 países: nos 27 países-membros da União Europeia, nos Estados Unidos, na China, na Inglaterra, na Escócia, na Irlanda do Norte, no País de Gales, na Suíça, na Noruega, na Coreia do Sul e nos Emirados Árabes

O documento comprova que o animal que recebeu a vacina antirrábica no Brasil realmente está imunizado e produziu anticorpos contra o vírus da raiva.

A apresentação do laudo do exame é obrigatória para viajantes brasileiros que queiram levar consigo seus animais de companhia em viagens internacionais. 


EXIGÊNCIA LEGAL

O viajante brasileiro que deseja levar seu animal de estimação para o Exterior precisa fazer uma série de procedimentos e cumprir exigências legais para o embarque e transporte de animais, de acordo com o seu país de destino.

É necessário se informar com antecedência, já que cada país estipula documentação, prazos e regras distintos. Entre as exigências estão a microchipagem, tratamento parasitário, vacinação e sorologia antirrábica, atestado de saúde, obter o certificado veterinário internacional (CVI), entre outros itens.

PASSO A PASSO

A Organização Mundial de Saúde (OMS) determina que os viajantes que queiram levar seus pets a países que exijam o Certificado Veterinário Internacional (CVI) façam o exame em seus animais e apresentem o laudo do exame de sorologia antirrábica. O documento comprova que o animal que recebeu a vacina antirrábica no Brasil realmente está imunizado e produziu anticorpos contra o vírus da raiva.

Para isso, o tutor deve entrar em contato com um médico veterinário, que vai orientar sobre os procedimentos necessários, e fará solicitação do exame a um laboratório habilitado, além de posteriormente fornecer o atestado de saúde do animal. A amostra para o teste deve ser coletada em uma clínica ou laboratório veterinário.

 
 Orientações para envio de amostra para sorologia antirrábica
 
Orientações gerais para realização do exame sorológico de titulação de anticorpos para o vírus da raiva em cães - Estados Unidos
 
Orientações gerais para realização do exame sorológico de titulação de anticorpos para o vírus da raiva em animais de companhia – União Europeia, Noruega e Suíça