Tecpar é referência na avaliação de materiais para sinalização de trânsito
14/09/2021 - 09:36

Com o desenvolvimento contínuo de novas soluções, o Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) contribui com a segurança viária no Estado, realizando variados ensaios de conformidade em materiais destinados à sinalização de trânsito. Um deles é a avaliação em cones e cilindros utilizados para organização do tráfego em vias urbanas e rodovias.

Estes materiais são utilizados como dispositivos de segurança para demarcarem uma área de perigo ou proteger a vida de trabalhadores de rodovias e agentes de segurança pública. Os cones são mais utilizados em barreiras policiais e aplicação de sinalização horizontal e vertical, enquanto que os cilindros servem para demarcar obras com maior impacto, como recuperação de pistas, grandes depressões ou buracos.

O diretor de Tecnologia e Inovação do Tecpar, Carlos Gomes Pessoa, conta que o Instituto é referência em avaliações de materiais para sinalização viária e de desempenho da sinalização implantada, sendo único na região Sul e um dos mais reconhecidos no Brasil. 

“Os ensaios realizados pelo Tecpar garantem a qualidade do material que será adquirido por órgãos que fazem a gestão do trânsito. É uma atividade de alto nível técnico, já que o controle tecnológico para avaliação de conformidade destes dispositivos requer uma estrutura física modernizada, equipamentos e profissionais especializados”, afirma Carlos Pessoa.

DEMANDAS – A maioria das análises de cones e cilindros é solicitada ao Tecpar por órgãos responsáveis pela gestão pública da segurança no trânsito – antes e após a aquisição dos produtos. No Paraná, o Tecpar realiza avalições para o Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER) e Polícia Militar do Paraná (PM-PR).

O apoio técnico oferecido pelo Tecpar começa ainda na elaboração do edital de aquisição, orientando como especificar características de produtos que proporcionem maior segurança aos usuários das vias. Os órgãos públicos já determinam em seus editais que o material passará pela avaliação do Tecpar antes de ser aceito.

CRITÉRIOS – Os técnicos também auxiliam na elaboração do Termo de Referência e assim contribuem para que os parâmetros estejam atualizados conforme normativas e os itens do edital possam ser avaliados tecnicamente.

Um dos parâmetros que podem ser definidos no edital é a descrição de como devem ser as faixas retrorrefletivas presentes nos cones e cilindros. Na prática,quando o gestor opta por um material mais tecnológico, isso confere um grau de visualização noturna quase três vezes superior ao condutor do veículo.

“Ou seja, o motorista visualizará essa barreira a uma distância maior, com tempo hábil para fazer a manobra necessária a fim de se evitar um acidente. Em condições de baixa luminosidade - como em áreas sobre influência de forte cerração - isso proporciona diretamente uma redução nos índices de acidentes viários”, explica Fábio da Silva Schvenger, engenheiro ambiental e sanitarista e técnico em Desenvolvimento Tecnológico no Tecpar.

LICITAÇÃO - Após a publicação do vencedor da licitação, os materiais a serem adquiridos são entregues para análise do Tecpar. Somente após obter a declaração de conformidade com os requisitos da normativa e com o edital é que os materiais são aceitos pelos órgãos contratantes. Na entrega dos produtos contratados, novamente as amostras são enviadas ao Tecpar para que seja avaliado se o material está de acordo com o que foi contratado.

AVALIAÇÃO - A avaliação de conformidade realizada nos cones visa atender a norma ABNT NBR 15071:2020, que orienta sobre dispositivos auxiliares. Em cilindros canalizadores de tráfego, a avaliação segue a norma ABNT NBR 15692:2020. Estas normativas da ABNT descrevem os itens mínimos para se identificar um produto de qualidade, com condições de proporcionar segurança de pedestres e motoristas, onde ele for utilizado.

MODERNIZAÇÃO - Atualmente o Instituto está ampliando a capacidade tecnológica do Laboratório de Sinalização Viária, com a aquisição de mais um equipamento chamado retrorrefletômetro vertical. Com o aparelho, que tem uma tecnologia mais avançada, o Tecpar passará a realizar ensaios para atender à legislação de placas de automóveis padrão Mercosul, de faixas de segurança para caminhões e motos, além de ter a configuração necessária para atender as normativas de vestimentas de segurança.

EXPERTISE -  Há 40 anos o Tecpar tem colaborado para garantir a segurança de motoristas e pedestres que circulam pelas ruas e estradas do Brasil. O Instituto avalia a qualidade de materiais utilizados em sinalização viária, para conferir se são atendidos os requisitos da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e demais legislações.

A equipe também faz vistorias técnicas em vias urbanas, rodovias e aeroportos, para conferir se a sinalização aplicada no local está em conformidade com a legislação vigente. Os clientes são instituições públicas e privadas de todo o país que buscam o Instituto para a realização de vistorias, avaliação de materiais, capacitação e apoio técnico.

GALERIA DE IMAGENS

Últimas Notícias